Entenda a franquia de tráfego da Internet 3G

Posted on 07. Nov, 2009 by admin in 3G Dicas, 3G Élimitado
Tags: ,

Franquia Internet 3G

Entenda como se mede a franquia de tráfego da Internet 3G e descubra formas de se controlar o quanto está sendo gasto.

O leitor que se identifica como João, fez um comentário no artigo Entenda porque a Internet 3G dá tanto problema, onde tenta obter mais informações sobre como saber quanto já foi consumido da sua franquia de tráfego ao usar sua conexão 3G.

A resposta não é padrão para todas as pessoas. O volume de tráfego dependerá dos programas instalados no seu computador, de como esses programas estão configurados, e da maneira como o indivíduo interage com os mesmos. Alguém sem conhecimento o suficiente, poderá usar seu raciocínio lógico para concluir que, se o seu computador está ligado (porém nada está sendo feito), então não haverá tráfego de Internet. Isto é um grave equívoco que, dependendo do contrato com sua operadora, poderá levar a gastos muito além do esperado.

MESMO OCIOSO, O MICRO PODE GERAR TRÁFEGO

Como estou escrevendo para as massas, vou usar como referência o sistema operacional da Microsoft. O Windows, na sua configuração padrão, se comunica constantemente com diversos servidores de forma a se manter atualizado. Uma simples verificação automática para eventual correção do horário do sistema operacional, gera tráfego. O Gmail, um popular serviço de email grátis da Google, quando é configurado para o modo offline, pode gerar GigaBytes de trafego, dependendo do tamanho e quantidade de mensagens armazenadas. Os usuários do Gmail não devem se assustar, pois o modo offline não é padrão e precisa de confirmação para ser ativado. O que desejo demonstrar, é que existem inúmeras formas de se gerar tráfego em seu computador, mesmo que aparentemente ele esteja ocioso.

COMO MEDIR O VOLUME DE TRÁFEGO?

Nem mesmo se você tivesse a mente de Einstein, a memória dos portadores da Síndrome de Savant, e dedicasse toda a sua vida a medir o volume de tráfego do seu computador, você não conseguiria fazê-lo com sucesso sem ajuda de softwares específicos para essa tarefa. Felizmente estes programas são comuns, pequenos, fáceis de instalar, e muitos deles são gratuitos. Criei um vídeo lhe ensinando a instalar o DU Meter e o NetMeter. Assista o Vídeo.

EXEMPLOS DE USO DA FRANQUIA

  • Carregar a página inicial do portal Terra = 356 KB (medida real)
  • Carregar a página inicial do buscador Google = 11,8 KB (medida real)
  • Baixar uma música MP3 = 4 MB (valor médio aproximado)
  • Assistir um vídeo no Youtube = 30 MB (valor médio aproximado)

ENTENDENDO O SISTEMA BINÁRIO

Vou entrar na parte chata, mas que é fundamental para você ter total compreensão do assunto. Em primeiro lugar, precisamos ter em mente que não estamos usando o sistema decimal no caso de conexões 3G. Tudo em informática e telecomunicações usa o sistema binário, onde só existe o zero e o um. A grosso modo, o número 0 equivale a desligado, e o número 1 equivale a ligado. A combinação destes dois valores produz tudo que você conhece em matéria de software e hardware.

Ainda tentando explicar da forma mais fácil possível, e considerando o sistema binário, onde se entende que há duas situações possíveis, então vemos que o número 2 elevado a 1.000 = 1024 (2 elevado à décima potência). Por isso observamos em informática e telecomunicações, valores múltiplos de dois, como: 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, 256, 512, 1024, 2048, etc.

Veja alguns exemplos:

Um HD de 500 GB tem 512.000 MB (Megabytes)

Um pendrive de 8 GB tem 8.192 MB (Megabytes)

DIFERENÇA ENTRE BITS E BYTES

Talvez a maior responsável pela grande dificuldade de compreender o volume de tráfego seja a diferença entre bits e bytes. Vamos conhecer a unidade de medida usada para representar a transferência de informação lógica: o bit, representado pela letra b minúsculo.

Os exemplos do HD e do pendrive apresentados anteriormente são baseados no byte, representado pela letra B maiúsculo. Para entender este mundo misterioso de abreviaturas, temos que comprender a relação entre os múltiplos do sistema binário, e o uso do byte, uma unidade de medida composta por 8 bits.

Vamos a alguns exemplos:

Comprei um pacote de 1 Mega da operadora X. Isto equivale a dizer que você comprou 1.024 Kbps. Veja que a letra b é minúscula, representando o bit. As operadoras vendem os pacotes em bits. O Mega, neste caso, representa o número em bits ou bytes multiplicado por 1024. As letras bs são abreviatura de bits por segundo.

É prática comum arredondar-se os valores para o sistema decimal, então ninguém fala que comprou um link de 8,19 MB. Fala-se e representa-se como 8 MB. Ficou na dúvida sobre o valor de 8,19? Este valor em questão é conseguido assim: 1024 KB (1 MB) x 8 = 8192 KB (8,19 MB).

Sei que vai gerar mais confusão, mas é preciso que você saiba que um link de 1 Mbps (1 Megabit por segundo) equivale a 128 KBps (128 Kilobytes por segundo). Aqui se aplica a explicação sobre o byte como sendo a soma de 8 bits.

O múltiplo Kilo, representado pela letra K maiúsculo, equivale a 1.024 unidades, da mesma forma que aprendemos no ensino fundamental, onde 1 Kg = 1000 gramas. Isto vale para valores acima de 1024 que são representados pelo Múltiplo Mega (letra M maiúsculo). Para completar o exemplo, veja que 2 Mbps = 2.048 Kbps = 256 KBps (2048/8=256). A dica é usar o 8 como múltiplo para fazer a conversão de bits para bytes e viceversa.

FACILIDADES OFERECIDAS PELAS OPERADORAS

A Vivo oferece uma página para medir o consumo da franquia. Não encontrei na página das outras operadoras uma funcionalidade similar. Se você conhece, por favor me indique a página para eu colocar o link aqui.

Autor: Roberto Silva
Blog: Radbox News
Artigo Original: Entenda a franquia de tráfego da Internet 3G
Publicado originalmente em 25/08/2009

72 Responses to “Entenda a franquia de tráfego da Internet 3G”

  1. Valter Queiroz diz:

    Só por curiosidade depois de tantas explicações e reclamações: o quê as operadoras de internet 3g ganham quando o cliente atinge o limite máximo do tráfego? Será que é só a “possibilidade” de o cliente pagar os 10 centavos a mais por cada mega utilizado? Porque se for isso é burrice das operadoras, bem simples, há, dentro dos 128kbps, uma navegação até certo ponto bastante tranquila, então para quê pagar a mais para navegar se eu posso navegar tranquilamente? Existe alguma possibilidade, mesmo

    • reinaldo diz:

      isso e simples, derrubando sua taxa de conexao elas esperam diminuir a demanda por velocidade, vou te dar um exemplo, vc tem um plano de 10Mbp/s ou 1250Kbps. mesmo que vc não use a velocidade em sua plenitude, a operadora tem que deixar a velocidade total disponivel para vc todo tempo(msm que vc n use), digamos que tenham 10 pessoas com a msm velocidade que vc, 10Mbps, somando tudo vc verá que são 100Mbps que devem estar disponiveis a qualquer hora.

      Agora vamos imaginar que esse seja o limite total de trafego que “essa” empresa possa oferecer, criando um franquia posso limitar suas atividades, de modo que msm se vc navegue no limite durante um tempo, logo após ultrapassar a franquia, sua conexão cairá para 128Kpbs. Ai eu te pergunto e os outros 1.122Kbps que se tinha?

      a empresa reloca essa velocidade p quem ainda não ultrapassou a franquia, assim me garantindo poder passar sua banda para outro alguém até ele(a) estourar o limite.

      Podendo assim distribuir esses 100Mbps para muito mais do que 10 pessoas. Essa é a sacada do 3G, por isso que luto pelo investimento na banda larga fixa, essa sim é ilimitada.

  2. Waldiléa diz:

    Já tive internet da Claro 3G ILIMITADA no nome de outra pessoa mas no meu endereço e só usava neste endereço. Até aparecer no discador Vivo (palavra em Inglês que não lembro como se escreve)que é fora da cidade, ou algo assim e que é cobrado uma taxa, aparecia com uma mensagem que ia ser cobrado uma taxa, sem eu ter desconectado o modem do meu computador. Tive tantos problemas com esta operadora que deu justiça e a operadora teve que indenizar a pessoa e cancelar o contrato. Hoje tenho uma da OI LIMITADA. Só entro em busca do Google de vez em quando, fico no Facebook jogando e vejo meu e-mail no Gmail. Já reparei que minha conexão fica um tempo normal, de repente eu começo a receber mensagem da OI no modem dizendo que gastei 50% da franquia, no dia seguinte já recebo outra mensagem dizendo que gastei 80% da franquia e no terceiro dia já gastei 100% da franquia. Acho muito estranho eu levar um bom tempo com a conexão normal e de repente em 3 dias eu gasto 100% da franquia. Tenho provas de tudo que estou falando aqui. Acho este tipo de conexão limitada um roubo, uma falta de respeito com o consumidor. É a conexão mais cara que eu já paguei. Espero que acabem com este negócio de FRANQUIA.

  3. reinaldo diz:

    só jogar online consome franquia? não vou baixar nada só vou usar para jogar.

  4. Keylla já revoltada diz:

    tem q ter senha pra entrar (só pros azarentos dos clientes rs')
    ps. se arrependimento matasse, eu já teria morrido e de enfarte, pq essa vivo é de matar!
    V.I.V.O
    V enha
    I diota
    V enha
    O tário

Leave a Reply




PHVsPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZHNfcm90YXRlPC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2NvbnRlbnQ8L3N0cm9uZz4gLSB0cnVlPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfY29udGVudF9hZHNlbnNlPC9zdHJvbmc+IC0gPHNjcmlwdCB0eXBlPSJ0ZXh0L2phdmFzY3JpcHQiPjwhLS0NCmdvb2dsZV9hZF9jbGllbnQgPSAicHViLTcwNzgyNTUyOTMxODE3NDAiOw0KLyogM2dJbnRlcm5ldCAtIEFmdGVyIFBvc3QgNDY4eDYwLCBjcmlhZG8gMDUvMTEvMDkgKi8NCmdvb2dsZV9hZF9zbG90ID0gIjQxMDczMjYyMTciOw0KZ29vZ2xlX2FkX3dpZHRoID0gNDY4Ow0KZ29vZ2xlX2FkX2hlaWdodCA9IDYwOw0KLy8tLT4NCjwvc2NyaXB0Pg0KPHNjcmlwdCB0eXBlPSJ0ZXh0L2phdmFzY3JpcHQiDQpzcmM9Imh0dHA6Ly9wYWdlYWQyLmdvb2dsZXN5bmRpY2F0aW9uLmNvbS9wYWdlYWQvc2hvd19hZHMuanMiPg0KPC9zY3JpcHQ+PC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfY29udGVudF9pbWFnZTwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly93d3cud29vdGhlbWVzLmNvbS9hZHMvd29vdGhlbWVzLTQ2OHg2MC0yLmdpZjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2NvbnRlbnRfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfaG9tZTwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF9pbWFnZV8xPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovLzNnSW50ZXJuZXQuY29tLmJyL3Byb3Rlc3RvLTNnL2ltZy9DbGFyby1RdWFkcmFkby0xMjVYMTI1LmdpZjwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX2ltYWdlXzI8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vM2dJbnRlcm5ldC5jb20uYnIvcHJvdGVzdG8tM2cvaW1nL1RpbS1TZWxvLTNHLTEyNVgxMjUuanBnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfaW1hZ2VfMzwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly8zZ0ludGVybmV0LmNvbS5ici9wcm90ZXN0by0zZy9pbWcvVml2by0zRy0xMjVYMTI1LmpwZzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FkX3RvcDwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF90b3BfYWRzZW5zZTwvc3Ryb25nPiAtIDxzY3JpcHQgdHlwZT0idGV4dC9qYXZhc2NyaXB0Ij48IS0tDQpnb29nbGVfYWRfY2xpZW50ID0gInB1Yi03MDc4MjU1MjkzMTgxNzQwIjsNCi8qIDNnSW50ZXJuZXQgLSBUb3BSaWdodCA3Mjh4OTAsIGNyaWFkbyAwNS8xMS8wOSAqLw0KZ29vZ2xlX2FkX3Nsb3QgPSAiMTg2MTQxODM0MCI7DQpnb29nbGVfYWRfd2lkdGggPSA3Mjg7DQpnb29nbGVfYWRfaGVpZ2h0ID0gOTA7DQovLy0tPg0KPC9zY3JpcHQ+DQo8c2NyaXB0IHR5cGU9InRleHQvamF2YXNjcmlwdCINCnNyYz0iaHR0cDovL3BhZ2VhZDIuZ29vZ2xlc3luZGljYXRpb24uY29tL3BhZ2VhZC9zaG93X2Fkcy5qcyI+DQo8L3NjcmlwdD4NCjxzY3JpcHQgdHlwZT0idGV4dC9qYXZhc2NyaXB0Ig0KDQpzcmM9Imh0dHA6Ly9wYWdlYWQyLmdvb2dsZXN5bmRpY2F0aW9uLmNvbS9wYWdlYWQvc2hvd19hZHMuanMiPiANCjwvc2NyaXB0PiANCiA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF90b3BfaW1hZ2U8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vd3d3Lndvb3RoZW1lcy5jb20vYWRzL3dvb3RoZW1lcy00Njh4NjAtMi5naWY8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF90b3BfdXJsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfdXJsXzE8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vM2dpbnRlcm5ldC5jb20uYnIvM0cvY2xhcm8tM2c8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19hZF91cmxfMjwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly8zZ2ludGVybmV0LmNvbS5ici8zRy90aW0td2ViLTNnPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fYWRfdXJsXzM8L3N0cm9uZz4gLSBodHRwOi8vM2dpbnRlcm5ldC5jb20uYnIvM0cvdml2by1pbnRlcm5ldC0zZzwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2FsdF9zdHlsZXNoZWV0PC9zdHJvbmc+IC0gbGlnaHRibHVlLmNzczwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2F1dG9faW1nPC9zdHJvbmc+IC0gdHJ1ZTwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX2NhdF9tZW51PC9zdHJvbmc+IC0gZmFsc2U8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19jdXN0b21fY3NzPC9zdHJvbmc+IC0gPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fY3VzdG9tX2Zhdmljb248L3N0cm9uZz4gLSA8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19mZWF0dXJlZF9jYXQ8L3N0cm9uZz4gLSBWaWRlb3M8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19mZWF0dXJlZF9wb3N0czwvc3Ryb25nPiAtIDg8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19mZWVkYnVybmVyX3VybDwvc3Ryb25nPiAtIGh0dHA6Ly9mZWVkcy5mZWVkYnVybmVyLmNvbS8zZ0ludGVybmV0RWxpbWl0YWRvPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fZ29vZ2xlX2FuYWx5dGljczwvc3Ryb25nPiAtIDxzY3JpcHQgdHlwZT0idGV4dC9qYXZhc2NyaXB0Ij4NCnZhciBnYUpzSG9zdCA9ICgoImh0dHBzOiIgPT0gZG9jdW1lbnQubG9jYXRpb24ucHJvdG9jb2wpID8gImh0dHBzOi8vc3NsLiIgOiAiaHR0cDovL3d3dy4iKTsNCmRvY3VtZW50LndyaXRlKHVuZXNjYXBlKCIlM0NzY3JpcHQgc3JjPSciICsgZ2FKc0hvc3QgKyAiZ29vZ2xlLWFuYWx5dGljcy5jb20vZ2EuanMnIHR5cGU9J3RleHQvamF2YXNjcmlwdCclM0UlM0Mvc2NyaXB0JTNFIikpOw0KPC9zY3JpcHQ+DQo8c2NyaXB0IHR5cGU9InRleHQvamF2YXNjcmlwdCI+DQp0cnkgew0KdmFyIHBhZ2VUcmFja2VyID0gX2dhdC5fZ2V0VHJhY2tlcigiVUEtMTU0NzAyLTE5Iik7DQpwYWdlVHJhY2tlci5fdHJhY2tQYWdldmlldygpOw0KfSBjYXRjaChlcnIpIHt9PC9zY3JpcHQ+PC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29faW1hZ2VfaGVpZ2h0PC9zdHJvbmc+IC0gMTIwPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29faW1hZ2Vfd2lkdGg8L3N0cm9uZz4gLSAxOTU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19sb2dvPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovLzNnaW50ZXJuZXQuY29tLmJyL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8xLTNnSW50ZXJuZXQtZWxpbWl0YWRvLTNnLXZpdm8ucG5nPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fbWFudWFsPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovL3d3dy53b290aGVtZXMuY29tL3N1cHBvcnQvdGhlbWUtZG9jdW1lbnRhdGlvbi9ncm9vdnktdmlkZW8vPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fbmF2X2V4Y2x1ZGU8L3N0cm9uZz4gLSAxNTksMTYzPC9saT48bGk+PHN0cm9uZz53b29fcmVjZW50X3Bvc3RzPC9zdHJvbmc+IC0gODwvbGk+PGxpPjxzdHJvbmc+d29vX3Jlc2l6ZTwvc3Ryb25nPiAtIHRydWU8L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb19zaG9ydG5hbWU8L3N0cm9uZz4gLSB3b288L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb190aGVtZW5hbWU8L3N0cm9uZz4gLSBHcm9vdnkgVmlkZW88L2xpPjxsaT48c3Ryb25nPndvb191cGxvYWRzPC9zdHJvbmc+IC0gaHR0cDovLzNnaW50ZXJuZXQuY29tLmJyL3dwLWNvbnRlbnQvdXBsb2Fkcy8xLTNnSW50ZXJuZXQtZWxpbWl0YWRvLTNnLXZpdm8ucG5nPC9saT48L3VsPg==